Versos: Mausoléu do brilho

o teto do mundo
agora cinza
em terra estranha
me lembra praia
e chuva que banha
a rua e eu fico
trancado em casa
vendo as nuvens
aqui, longe
do lugar do lar
trocando poréns
e batendo papo
com o céu
cheio de estrelas
um mausoléu
do brilho
quando negro
empecilho
pra mim
que só queria
um dia cinza
frio
e parcialmente seco