Diploma de jornalismo: corporativismo disfarçado de defesa da liberdade

Um comentário sobre “Diploma de jornalismo: corporativismo disfarçado de defesa da liberdade”

  1. Não sou jornalista formado (sou de TI), mas tenho sido tratado como tal numa pequena cidade no interior de Minas desde que transformei um blog NepoNews com foco local em versão impressa. Hoje virou o único meio de informação não chapa-branca na cidade. Mas, mesmo antes disto, eu já tinha escrito no blog pessoal sobre esta questão do diploma, e foi bom ler este texto, afinal é de um estudante de jornalismo, o que me alivia da sensação de ser contra por não ter o diploma. Também comparo este diploma com o de outras profissões e comento uma declaração de uma professora da jornalismo da UNB dizendo que, agora, qualquer um pode ser jornalista, um discurso, no mínimo, sofista. Os textos são:
    Qualquer Um Pode Ser Jornalista?
    Liberdade de Expressão e de Imprensa

    Parabéns, Altieres, pela forma direta em tratar deste assunto.

    Curtir

Os comentários estão desativados.