Todos sabem tudo. Ou não

2 comentários sobre “Todos sabem tudo. Ou não”

  1. Tocando no assunto de “Dia do orgulho nerd”, eu queria perguntar: como assim? É tipo um dia do orgulho gay? Os nerds querem direitos iguais, como casamento entre nerds, e o direito de adoção? Esse é meu ponto, não faz sentido pra mim.

    Sobre a reportagem, preciso concordar que está muito bem escrita. Na parte da entrevista com as nerds, lembrei de outro blog, o Girls of War, muito bom também, sobre jogos.

    Curtir

  2. Fernando Cezar

    Eu acho que é uma brincadeira. Por um lado, ainda existe sim o preconceito e as noções de inferioridade — inclusive expresso em alguns comentários deixados lá no G1 também.

    Creio que, se esse dia ajuda os nerds a se integrarem, cumpriu seu papel.

    Curtir

Os comentários estão desativados.