Intrepid Ibex ou “como o dpkg do recovery mode salvou minha instalação do Ubuntu”