“Porque o importante é ser feliz”

5 comentários sobre ““Porque o importante é ser feliz””

  1. Preciso rebater essa imagem de 100% caos. Pode ser que muita, mas muita coisa mesmo, deixe de funcionar se for adotada a visão de “o importante é ser feliz”, mas o que continuaria funcionando seria exemplar.
    O que eu estou falando? Para começar, que tal falar do Linha Defensiva, site e fórum de segurança levado adiante pelo autor. O fórum em questão conta com a participação de analistas, aprendizes, moderadores e membros dedicados, que ajudam pessoas simplesmente por que são felizes com isso.
    Uma gota de água no deserto? Talvez não. O que ganham os blogueiros nacionais, ou os podcasters e videocasters senão um pouco de felicidade e satisfação pessoal no que fazem? Perceba que as excessões, aqueles que ganham para fazer o serviço, são sem sombra de dúvida uma minoria.
    O conceito se estende ao mundo real. Ok, até hoje não encontrei ninguém que fique satisfeito limpando o chão ou recolhendo o lixo, mas quem sabe…?

    Curtir

  2. Fernando

    Certas coisas iriam sobrar sim, eu mesmo disse no post (ironicamente adjetivando de surpreendente) que algumas pessoas podem gostar de trabalhar ou de serem úteis.

    Mas essa felicidade que derivamos desses projetos não são “intensas”. São coisas de longo prazo. Você publica um blog durante dois anos, para então conseguir um retorno com publicidade, ou, pelo menos, um público maior que seu pai e sua mãe (SE eles o lerem).

    As ações justificadas com “o importante é ser feliz” são geralmente extravagantes e exageradas, quando não apressadas. Justamente, como falei no post, trocamos essa pressa suicida por algo mais lento, porém constante.

    Projetos legais são geralmente coisas de longo prazo, uma felicidade pequena porém contínua, cuja soma vai, ao longo dos anos, ser maior do que suas próprias partes. Nenhum blog tem grande valor se for publicado por só uma semana, criado e destruído depois de simples impulsos — porém um outro blog mantido por 10 anos tem mais valor do que apenas os posts que ele contém.

    Curtir

  3. Viver intensamente um dia como se fosse o ultimo só significa não ficar parado hoje esperando as horas passarem para fazer amanhã o que voce pode fazer hoje, amanhã voce pode não ter tempo para fazer o que não fez hoje e talvez ja não esteja aqui.

    Curtir

  4. Fabuloso!!!
    Cara eu pesquisei no google “O importante é ser feliz?” com interrogação pra ver se tinha alguem que rebatia essa ideia estupida e vi este texto que ja começa com o que sempre usei de argumento, que é idiota mesmo pensar, “ah se faz bem que mal tem?”, fiz isso ou aquilo porque o que importa é ser feliz. Eu sempre achei que o que importa é Ter Paz e depois Nao fazer ao outro o que não quer que faça contigo mesmo, ter paz nem sempre significa ser feliz porque felicidade não é concreto, pro bandido roubar ´pe ser feliz, pro assassino matar é ser feliz, pra a puta dar pra todos é ser feliz, e viver em paz mais niguem quer.
    Fabuloso o texto, adorei.

    Curtir

    1. Concordo. Acho que a paz (quietude, ausência de ansiedade e de necessidade) é o único caminho para a verdadeira liberdade e para a felicidade, pois só quem não depende de algo pode realmente apreciar as coisas pelo o que são, e a paz traz essa independência.

      Curtir

Os comentários estão desativados.