Versos: Trevos & Retornos

O amor flui
de um ao próximo
e vez ou outra
faz o caminho
de volta

mas quem escolta
esta tal de paixão
nem sempre a aceita
quando ela retorna
um pouco diferente

como se o tesão,
quando ausente,
também levasse
o carinho,
as memórias,
e a saudade

coitado do amor,
que de repente
é pura maldade
e menos nobre
sem venda casada

estranho é quando
um dia, do nada
o tal “apaixonado”
deixa de sentir;
já o outro
desapaixonado,
jamais esquece

vou até dizer que
amor é amizade
mesmo quando
a amizade é daltônica

então dê espaço
deixe o amor passar
e cumprimente-o
quando ele voltar

3 ideias sobre “Versos: Trevos & Retornos

Os comentários estão fechados.